Voltar ]
29/09/2009 | 19:19:00 - Excursionistas retornam à Palmas

890 quilômetros separavam uma torcida de sua paixão, distância pouco sentida durante todo o trajeto percorrido pelos gremistas de Palmas que se aventuravam mais uma vez rumo à Goiânia e a uma esperançosa vitória que levasse o Imortal ao G-4.

Num misto de tranqüilidade e euforia, e embalados pela emoção revivida em cada capítulo da batalha dos aflitos, os 26 excursionistas se preparavam para enfrentar, ao lado dos jogadores e munidos com sua força e sua voz, o time esmeraldino, outra conhecida pedra no caminho da história de glórias tricolor.

No domingo, o mesmo céu azul que dá cor e tom à tradição dos pampas deixou ainda mais dourado o palco para o espetáculo tão aguardado.
No caminho para o estádio, uma rápida passagem ao Castro’s Hotel, aonde se hospedava a delegação gremista, o inesperado desencontro com os jogadores então reunidos para o almoço e o registro imortal de nossa presença pela assessoria de imprensa gremista em fotografia que pautou notícia no site oficial do grêmio (http://www.gremio.net/news/view.aspx?news_type_id=1&id=9017&language=0)

Antes da chegada ao estádio, a concentração se fez no Restaurante Gaúcho’s, onde centenas de tricolores do Centro-Oeste do Brasil representando nosso consulado e os de Goiânia, Brasília e região puderam, em clima amistoso e festivo, trocar idéias, energia e méritos, com a entrega de medalhas aos cônsules presentes, entre eles o Cônsul de Palmas, Rodrigo Minuzzi.

Após o almoço regado a um delicioso churrasco e hinos da torcida tricolor ambientando o local, a eufórica torcida gremista se dirigiu ao Serra Dourada em caravana escoltada pela polícia militar de Goiás. Em campo, o sol parecia iluminar o imortal que, após pressão inicial dos donos da casa, arrancava com Souza e os milhares de torcedores gremistas presentes numa avalanche de alegria, que despontava para uma tranqüila vitória.

Vitória que infelizmente não veio, mas que, assim como a posição do tricolor no campeonato, ainda manteve a felicidade de 26 torcedores, modelos de comportamento para qualquer excursão, mas loucos e fanáticos no seu amor à camisa e no seu apoio ao imortal. E que venha o Goiás em 2010, porque “até a pé nós iremos”.




Voltar ]